PPGVS

Programa de Pós-Graduação em Vigilância em Saúde

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Vigilância em Saúde – PPGVS, objetiva a formação acadêmica interdisciplinar capacitando profissionais, docentes do ensino superior e gestores a produzir e utilizar conhecimentos que atendam às demandas da população, com especificidade na área de vigilância em saúde; Proporcionar aos ingressantes a oportunidade de modificar o paradigma da individualidade na atenção da saúde, transformando-os em agentes de inclusão da interdisciplinaridade nas instituições públicas e privadas de ensino, pesquisa e saúde em como na sociedade; Qualificar recurso humanos para a docência, para avaliar, intervir, propor políticas, desenvolver serviços, produtos e processos técnico-científicos inovadores que favoreçam a saúde e a qualidade de vida.

Área de concentração

Esta área de pesquisa estabelece reflexão a respeito da formação das práticas aplicadas a saúde e ao ambiente enfatizando a vigilância em saúde com foco na prevenção e intervenções terapêuticas, mecanismos biológicos, promoção da saúde e determinantes em saúde, integrando novos conceitos, contemplando saberes de diferentes áreas e práticas em pesquisa da bancada a clínica com estudos translacionais. 

Dessa forma, discute as duas grandes áreas de conhecimento humano:

1 – Colégio de ciências da vida, que envolve ciências da saúde como a educação física, fisioterapia, odontologia, medicina e nutrição, ciências biológicas.

2 – Colégio de ciências exatas, tecnologias e multidisciplinar demonstrando seu caráter interdisciplinar associado ao ensino e educação em saúde.

Linhas de pesquisa

Epidemiologia e determinantes socio-ambientais para vigilância em saúde:

Esta linha de pesquisa é direcionada para a produção de conhecimento em doenças infecciosas e não infecciosas e seus determinantes socioambientais. Contempla investigações de aspectos básicos do processo saúde-doença, incluindo a pesquisa de mecanismos moleculares e novos alvos terapêuticos utilizando modelos experimentais, a biologia de vetores e agentes etiológicos, aspectos ambientais como a poluição do ar e alterações climáticas, e determinantes sociais de agravos à saúde humana em conjunto com ações de educação em saúde.

Mecanismos básicos, prevenção e novas abordagens terapêuticas para vigilância em saúde:

O objetivo desta linha de pesquisa é elucidar mecanismos patológicos e agravos à saúde, estratégias de prevenção e tratamento, priorizando o olhar da interdisciplinaridade nas diferentes áreas. Os projetos de pesquisa incluem abordagens inovadoras voltadas à clínica, avaliação, prevenção, promoção e reabilitação da saúde. Em vista disso, propõe-se estudos voltados a novas tecnologias e materiais, e a abordagens terapêuticas dotadas de avaliações funcionais em diferentes fases do desenvolvimento humano, com foco em doenças crônicas cardiovasculares, neurológicas e metabólicas.

Projetos de pesquisa

  1. Prospecção de Substâncias Químicas Naturais e sintéticas com Potencial tripanocida
  2. Avaliação dos efeitos cardiovasculares e neuroendócrinos da exposição ao Hexaclorociclohexano no organismo humano.
  3. Vigilância entomo-epidemiológica de vetores de doenças negligenciadas em associação com ações de educação em saúde.
  4. Rede de interação das proteases para a projeção de fármacos multialvos
  5. Eficácia de substâncias naturais para controle de formas imaturas e adultos de vetores de doenças infecciosas e parasitárias.
  6. Poluentes e suas repercussões na saúde humana.
  7. Projeto da rede de drenagem pluvial e recomposição de cobertura vegetal do canal da ATT Gramacho: foco em saúde e ambiente.
  8. Estudo da concentração dos poluentes da atividade de metalurgia do alumínio na empresa PPX Alumínio Ltda
  9. Cidade dos Meninos: Possibilidades de Educação Ambiental
  10. Cidade dos Meninos: Possibilidades de Educação Ambiental
  11. Obesidade e cirurgia bariátrica da educação em saúde à reabilitação: pesquisa clínica e experimental
  12. Avaliação da formação de processo inflamatório, morte celular e reposicionamento de drogas no tratamento de infecções virais respiratórias in vitro e in vivo.
  13. Envelhecimento e Declínio Cognitivo – Influências da Composição Corporal, Metabolismo e Inflamação.
  14. Estudo sobre remodelamento cardiovascular, função pancreática e renal em ratos espontaneamente hipertensos alimentados com dieta hiperlipidica: os efeitos da administração de Sitagliptina, Pioglitazona, Rosuvastatina, Ramipril e Semaglutida.
  15. Descrição e avaliação prognóstica do acometimento miocárdico em pacientes infectados pelo COVID -19.
  16. Influência dos Ajustes Cardiovasculares e Autonômicos durante o Estresse Postural nos Níveis de Ansiedade, Qualidade de Vida e Capacidade Física de Adultos e Idosos.
  17. Influência da fraqueza muscular nos padrões de deambulação, nas reações de equilíbrio e na função pulmonar de pacientes com SPP
  18. Estudo randomizado controlado das alterações bucais em pacientes no pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica.

Docentes

ADALGIZA MAFRA MORENO

ALUANA SANTANA CARLOS

ANDRÉ COSTA FERREIRA

AISLAN DE CARVALHO VIVARINI

CARLOS EDUARDO GUARIDO

DEIVID COSTA SOARES

EDITH MAGALHÃES

FRANKLIN SOUZA DA SILVA

LUCIANA ARMADA DIAS

MARCOS ORSINI

MARÍLIA MARCELIANO

JACENIR MALLET

JOANA D´AVILA

RENATA CASTRO

MARCELO JOSÉ UZEDA

Laboratórios

Laboratório de Pesquisas Pré-Clínicas

O Laboratório de Pesquisas Pré Clínicas é destinado no desenvolvimento prioritário às atividades de pesquisa. Neste laboratório trabalham-se as áreas de Biologia Molecular, Morfologia, Bioquímica, dividido em estações de trabalho.

Laboratório de Pesquisa de Odontologia Aplicada

Montado e mantido com fomento da UNIG e de órgãos públicos, como FAPERJ, como resultado de projetos do corpo docente do GPqO. Este laboratório é localizado no Bloco I, com 19,89 m², climatizado e iluminado natural e artificialmente.

Laboratório de Biodiversidade em Saúde

O Laboratório de Biodiversidade em Saúde tem como objetivo realizar pesquisas voltadas para avaliar a biodiversidade de vetores e seus patógenos, utilizando para isso taxonomia integrativa, estudos moleculares, ecológicos, morfometria, avaliação de substâncias para controle de insetos e de parasitos, isolamento de protozoários para observação do crescimento in vitro e diferenciação celular, histologia. Também realiza estudos em microscopia eletrônica de transmissão e de varredura, possuindo condições de pré-processamento de amostras, deixando-as aptas para visualização aos microscópios eletrônicos da instituição parceira (FIOCRUZ) em sua Plataforma de Microscopia. Além de vetores e patógenos, o LBS contribui para o processamento de amostras de materiais para microscopia eletrônica, provenientes de projetos em colaboração com outros professores da UNIG.

Laboratório de Experimentação Animal

As instalações do LEA são divididas em diferentes ambientes, como sala de troca/higienização pessoal, sala de experimentação, salas para comportar os experimentos em andamento. No LEA é possível realizar diferentes protocolos experimentais como: treinamento físico aeróbico, indução de diabetes experimental, jejum intermitente, indução de obesidade associado a hipertensão arterial,  envelhecimento e avaliação comportamental.

Banco de Dentes

Localizado no Bloco I, com 8,19 m², o Banco de Dentes Humanos (BDH) da Universidade Iguaçu (UNIG) é um braço do curso de odontologia. Equipado com: um computador, uma autoclave, uma bancada com pia e torneira acionada no pedal, um ar condicionado, uma geladeira, uma cuba ultrassônica, uma mesa e uma cadeira.

Biotério

A instituição possui um Biotério de criação credenciado pelo Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA) em 14.06.2017 e também está registrado no Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro, sob o número CRMV 12094. As espécies mantidas no biotério são R. norvegicus (Wistar), Mu musculus (Suíss), R. SHR (espontaneamente hipertensos).

Laboratório de Tecnologia de Alimentos

O Laboratório de Tecnologia de Alimentos é responsável por algumas disciplinas do curso de Nutrição como também atende ao programa de iniciação científica/PIC. O laboratório desenvolve atividades em pareceria com laboratório experimentação animal, com foco as pesquisas com animais de laboratório através de dietas experimentais e metabolismo.

Laboratório de Fisiologia do Exercício, Medidas e Avaliação

Laboratório Multidisciplinar da Engenharia

Laboratórios multiusuários

Os laboratórios de ensino têm a atribuição de apoiar e viabilizar desde sua estrutura, equipamentos, material de consumo, logística de utilização, acesso a informação até o apoio a segurança operacional. Os laboratórios são ambientes multiusuários, desta forma os dias disponibilizados apenas para os alunos e professores da pós-graduação serão segunda, terça, quinta e sexta 13:00 ás 18:00, e liberado integralmente aos finais de semana.

Rede de colaboração exógena

Localização e contato

HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
09:00 às 16:00h

ENDEREÇO:
Av. Abílio Augusto Távora, 2134, Nova Iguaçu – RJ – Campus I
CEP: 26260-045 – Nova Iguaçu

TELEFONE:
(21) 2765-4000

E-MAIL:
contato@unig.br

Comissão de coordenação

ADALGIZA MAFRA MORENO
ALUANA SANTANA CARLOS
ANDRÉ COSTA FERREIRA
DEIVID COSTA SOARES
LUCIANA ARMADA DIAS
JACENIR MALLET
JOANA D´AVILA